fbpx

O ex-assessor de Lula, Paulo Maldos, participa da campanha contra o fascismo organizada pela Fundação Pedro Casaldáliga

17 julho 2022

É necessário aprofundar e divulgar a difícil situação do povo no Brasil, sob o mandato do presidente Jair Bolsonaro, que termina neste outono. Por isso, a Fundação Pedro Casaldáliga convidou, com o apoio da ONG Misereor, o Sr. Paulo Maldos, ex-assessor do presidente Lula da Silva e alto funcionário da presidente Dilma Roussef para direitos humanos e articulação social, para participar da campanha Brasil-Mundo: Resistir e transformar, que aconteceu em várias cidades da Catalunha ao longo do passado mês de maio.

Paulo Maldos explicou as consequências da política ultraliberal do presidente fascista, que está eliminando os avanços sociais que Lula da Silva e Dilma Roussef alcançaram, entre 2003 e 2016. Com eles, os 217 milhões de habitantes do maior país da América Latina, tiveram direito à alimentação, a melhora do sistema único de saúde, a promoção da educação, o respeito aos direitos dos povos indígenas, etc. Bolsonaro está acabando com todos esses direitos e impondo um estado baseado na violência, no ódio e no privilégio das elites.

Durante as duas semanas de turnê, Maldos deu entrevistas aos principais jornais, radios e TVs da Catalunha, como os jornais Diari Ara, Diari de Tarragona, Nació Digital e Regió 7, as revistas FET a Tarragona, e A República, a Casa Amèrica Catalunya, Tarragona Ràdio, a Televisió de Girona, e recentemente analizou para o Jornal Nacional da Catalunha, o TN vespre, o risco do Brasil estar caminhando para uma ditadura.

Como todos os anos, a Campanha da Fundação se organiza de forma colaborativa com o apoio de organizações amigas e comprometidas com as Causas de Casaldáliga. Por isso, em Tarragona, o Comité Óscar Romero foi a entidade anfritiã; em Girona foi a Comissió de l’Agenda Llatinoamericana; e em Manresa e Cervera, Justicia i Pau organizou a logística do evento.

A Campanha 2022 da Fundação concluiu em 29 de maio com La Trobada (O Encontro) tradicional em Barcelona que também contou com a presença da Deputada ao Congresso espanhol, a brasileira Maria Dantas, os teólogos Juan José Tamayo e Víctor Codina e o sociólogo Flávio Carvalho. Em Barcelona, ​​o evento também permitiu mergulhar no legado social e político de Pedro Casaldáliga, bem como conhecer sua figura através da análise de sua poesia, oferecida pelo jesuíta Víctor Codina.

No Brasil, as próximas eleições de 2 de outubro estão se transformando em um duelo entre Bolsonaro, que está concorrendo a um segundo mandato, e Lula da Silva, que foi absolvido de todas as acusações contra ele pelo Supremo Tribunal Federal. Nestes meses, o clima político e de rua é tenso. Há um ano, as pesquisas apontam Lula da Silva como o vencedor claro, que concorre com a coalizão dos democratas e que com previsão de 40% dos votos poderia inclusive vencer no primeiro turno. O atual presidente tem promovido, entre suas bases radicalizadas, o uso de armas, em sua dura escalada verbal ameaça não aceitar o resultado das eleições nem respeitar a vida dos opositores; uma ditadura seria seu sonho. O Brasil, portanto, está agora no meio da incerteza e da esperança, mas lutar contra aqueles que comprometem a Vida é uma obrigação moral desta Fundação.

Berta Ramos, jornalista

 

ASSINE O BOLETIM

Conheça Pedro Casaldáliga
e as suas Causas

.

AS ÚLTIMAS PUBLICAÇÕES

30 de juliol, arribem a un món sense retorn

30 de juliol, arribem a un món sense retorn

Casaldàliga arriba a l’Amazònia brasilera el 30 de juliol de 1968. Mai més va tornar a Catalunya. Aquest és un fragment del seu testimoni escrit en primera persona i algunes de les primeres imatges que es conserven de la seva arribada.

ler mais
A minha espiritualidade

A minha espiritualidade

A espiritualidade que Casaldáliga viveu pode nos ajudar a construir a nossa. Um texto delicado e precioso em que Pedro nos explica “onde tropecei” e partilha connosco as “alegrias e descobertas” da sua espiritualidade.

ler mais
As nossas causas de cada dia

As nossas causas de cada dia

Estas são as 4 “causas do dia a dia” que Pedro Casaldáliga nos chamou a assumir pessoalmente em nossas vidas. Se «as nossas causas valem mais do que nossas vidas», precisamos aprofundar nelas e torná-las nossas, todos os dias.

ler mais
Pedro Casaldáliga: poeta

Pedro Casaldáliga: poeta

Conheça a poesia de Pedro Casaldáliga: “Não são apenas poemas estéticos, mas místicos, como os de João da Cruz, que nos abrem para o Mistério final. A um Você com quem ele estabelece uma relação que não é meramente individual e religiosa, mas histórica.” (Víctor Codina)

ler mais

Pin It on Pinterest